Vou de tenis

E parece que o conforto do tênis veio para ficar.

É o que mais vemos nos sites de street style e nos defiles internacionais é a dupla tênis e vestido, tênis e saia. Já virou tendência.

Você usaria?

saia e tenis1 saia e tenis2 saia e tenis3 saia e tenis4

 

Beijos,

Lu e Ro

Bichos: eles estão também nos acessórios!

É cobra, lagartixa, coruja, coelho, tigre… Os bichos não estão apenas nas estampas de roupas, mas também estão todos “presos” nos acessórios. Vejam as fotos, que lindas!

Gostaram? Eu já tenho os meus bichinhos no cinto e no anel. E vocês, já têm os seus?

Um beijo,

Maria Roberta

Aposte na calça flare!

Embora o modelo skinny ainda seja o queridinho da maioria das mulheres, a calça flare surge como uma grande aliada das brasileiras – que geralmente têm mais curvas e quadril largo. Isso porque a modelagem mais reta e com barras amplas cumpre a função de alongar e afinar a silhueta. Inspirada nas famosas bocas de sino, hits dos anos 70, a flare é vista principalmente no jeans, mas quando surge em tecidos mais nobres, deixa o look ainda mais interessante. Pura sofisticação! Adoro!

Gente, embora tenha sido incorporada neste inverno e prometa ser sucesso também no verão, a flare costuma gerar muitas dúvidas na hora de compor um look interessante e que valorize nossos pontos fortes, não é mesmo? Por isso, o Immagine Blog separou algumas dicas:

  • As mais baixinhas são favorecidas com o comprimento maior, que alonga a silhueta. Mas para isso, é ideal que a flare seja usada com sapatos de salto alto e que a barra da calça cubra totalmente os sapatos, quase encostando no chão (quase, hein, meninas!). Apostando na combinação de sapatilhas + calça justa na perna e com barra italiana, o efeito é contrário: achata e aumenta o quadril.
  • Outra dica para uma silhueta longilínea é apostar na cintura mais alta. Cuidado: quem tem quadril largo deve optar pela cintura intermediária!
  • Lembrem-se sempre de equilibrar as proporções. Como esse modelo de calça é mais sequinho na altura das coxas, o ideal é apostar em blusas mais soltinhas.
  • Para as mulheres com volume na altura dos quadris e pernas, a dica é optar por calças flare de tecidos fluídos, sem estampas, sem detalhes de bolsos externos e que não sejam tão coladas na altura das coxas. Evite a barra italiana, que também pode achatar a silhueta. A cintura neste caso deve ser intermediária, pois a cintura alta “aumenta” visualmente o quadril.
  • Aproveite para disfarçar o quadril largo, efeito causado graças ao volume que a peça traz na parte de baixo. E ao disfarçar o quadril e alongar a silhueta, naturalmente emagrece! Quem não quer esse efeito???

Quem já se rendeu à Flare?! Eu adoro!

Beijo,

Luciana

Você sabe como usar Oxford?!

Isabella Fiorentino afirmou que o Oxford promete ser a nova sapatilha, indispensável no guarda-roupa feminino. Deixa eu te falar: ela não está errada. Saído diretamente do closet masculino, esse modelo começou a ressurgir na moda aos poucos, a partir do desfile de outono-inverno da Dolce & Gabbana em 2007. Neste inverno, caiu nas graças das mulheres e promete continuar com força total no verão de 2012. Ganhou adeptas pelo conforto que proporciona aos pés e também pelo estilo que confere às produções. Mas ainda assim esse é um item que ainda gera muitas dúvidas. E você, sabe como usar Oxford?!

Muito democrático, assim como a própria moda, ele aparece nas mais variadas versões, das mais tradicionais às mais modernas. E toda essa versatilidade gera infinitas combinações, seja com calça, bermuda, short, saia ou vestido. Em qualquer um dos casos, a dica para fugir de um look muito sério é apostar em complementos bem femininos, brincando justamente com esse contraste. É bacana balancear o ar masculino dele com peças bem delicadas, como estampas florais discretas, vestidos leves, saias plissadas acima do joelho, etc. Roupas muito despojadas ou esportivas tendem a masculinizar o visual.

Com calças

Se a ideia é deixar o look mais feminino, o ideal é apostar por calças mais sequinhas e um pouco mais curtinhas (na altura do tornozelo ou mais para cima, adoro com a dobra). Vale tanto para jeans quanto para calças de alfaiataria. As mulheres com silhuetas mais longilíneas podem abusar desta combinação, mas a mulher com quadris mais largos e pernas grossas deve completar a produção com as calças molengas tipo pijama, em alta nesta estação. Se a escolha recair para uma calça jeans boyfriend, a produção deve ser completada com peças do universo feminino, uma blusa florida ou de renda.

Com bermudas / shorts / saias e vestidos

As dicas para deixar o look mais feminino são as mesmas. A diferença aqui é que o ideal é optar por sapatos claros, para não cortar a silhueta. Neste inverno, quem optar por usar Oxford com shorts ou saias pode completar o look com uma meia calça, de preferência do mesmo tom do calçado, para alongar a silhueta.

Eu, particularmente, adoro usar o Oxford pelo conforto que me oferece, tendo como a melhor combinação oxford com saia longa, adoro!!!

 

Oxfords de salto

Esses modelos de salto, que parecem uma botinha, têm sido bastante utilizados pelas mulheres no inverno e deve ser ainda mais requisitado no verão. A maneira de usar é mesma do Oxford baixo: para não cortar a silhueta, opte pelas cores claras, nudes, com meia ou calça da cor da mesma cor.

 

Se ainda sobrou alguma dúvida, fiquem à vontade para nos questionar.

E aí, vai trocar a sapatilha pelo Oxford????

Um beijo e bom final de semana!

Luciana

Look Dani Schiavo, do Dia de Estilo

Hoje inauguramos a tag Look aqui no Immagine Blog. E para começar em grande estilo, escolhi um dos looks que a Dani Schiavo usou durante a cobertura do São Paulo Fashion Week. Para quem ainda não a conhece, a Dani é consultora de imagem e estilo, além de comandar o blog Dia de Estilo, que faz parte da rede F*Hits.

Gente, escolhi a produção dela não apenas por ser super elaborada e linda, mas principalmente porque a Lu e eu temos um carinho especial pela Dani, que foi a grande incentivadora do blog e nos ajudou a tirar esse projeto tão desejado do papel. Vocês vão perceber nas fotos que não é apenas um look bacana, mas uma produção que ganha um toque todo especial com o jeito queridona dela (usando um adjetivo que ela tanto gosta de usar e que já virou sua marca registrada!)

A Dani apostou na saia, que é super tendência para este inverno. A dela é plissada, longuete e tem brilho. Para o biotipo da Dani, ficou uma combinação maravilhosa, principalmente porque ela apostou no salto, muito importante quando você escolhe esse comprimento.

Mas como plissado e o brilho aumentam a silhueta e o longuete corta, essa produção não é a mais indicada para quem deseja disfarçar alguns quilinhos a mais. Neste caso, o ideal é escolher uma saia sem brilho, sem ser plissada e de preferência longa, cobrindo o salto. E se a ideia for alongar mais, pode-se ainda escolher um look monocromático.

Reparem que a Dani também apostou em um decote com um colar maravilhoso, que chamava atenção para a parte de cima do corpo. Nesta composição, o cinto também teve papel importante, já que o plissado costuma dar aquela armadinha! O cinto marcou bem a cintura e não cortou a silhueta, como poderia acontecer caso o acessório tivesse tom contrastante com o restante do look.

Vejam os detalhes:

Agora vamos dar os créditos ao look? A blusa é Cris Barros, saia American Apparel, sapatos Corello, bolsa Dress To e cinto Isabella Giobbi.

Inspirador o look, não é mesmo?!

Beijo,

Maria Roberta